Até mesmo um breve cochilo pode aumentar o aprendizado, a memória e a resolução criativa de problemas.

"> Sono ajuda a aprendizagem e a memória | O plano global de saúde da sua família

Bem estar

Sono ajuda a aprendizagem e a memória

A privação do sono, além de ser uma das principais causas de acidentes de carro e outros acidentes, tem sido associada a diversos problemas de saúde que variam de hipertensão, obesidade e diabetes a doenças cardíacas, disfunção erétil e até câncer de próstata.

Já uma boa noite de sono restaura a mente e o corpo, melhorando o humor, a concentração e o desempenho mental.

Vários estudos recentes fortalecem a conexão entre sono e aprendizado e afirmam que mesmo um breve cochilo pode ajudar a melhorar a memória e a resolução criativa de problemas – tudo isso enquanto sua cabeça está no travesseiro.

Reativar e reorganizar - Um estudo de Harvard de 2010 sugeriu que sonhar pode reativar e reorganizar o material aprendido recentemente, o que ajudaria a melhorar a memória e aumentar o desempenho. No estudo, os voluntários aprenderam a navegar em um labirinto complexo. Durante um intervalo, alguns foram autorizados a cochilar por 90 minutos, outros não. Quando os voluntários enfrentaram o labirinto novamente, apenas os poucos que sonharam com ele durante seus cochilos se saíram melhor.

Cochilos mais curtos - Em outro estudo de Harvard, estudantes universitários voluntários memorizaram pares de palavras não relacionadas, trabalharam em um labirinto e copiaram uma figura complexa. Todos foram testados em seu trabalho, e metade teve permissão para cochilar por 45 minutos. Durante um reteste, cochilar melhorou o desempenho dos voluntários que inicialmente se saíram bem no teste, mas não ajudaram aqueles que tiveram uma pontuação baixa na primeira vez.

Micro sonecas - Para muitas pessoas, é difícil, se não impossível, encontrar 45 minutos para tirar uma soneca. Em um estudo alemão, uma soneca de seis minutos ajudou os voluntários a recordar uma lista de 30 palavras que haviam memorizado anteriormente.

Sono e criatividade - Os cochilos geralmente são muito curtos para deixar uma pessoa cair na fase profunda do sono, conhecida como sono de movimento rápido dos olhos (REM). Esta é a fase durante a qual a maioria dos sonhos acontece. Pesquisadores da Califórnia deram aos voluntários uma série de problemas criativos pela manhã e pediram que passassem o dia refletindo sobre soluções antes de serem testados no final da tarde. Metade dos voluntários foram convidados a ficar acordados durante o dia, os outros foram incentivados a tirar uma soneca. Aqueles cujos cochilos foram longos o suficiente para entrar no sono REM por um tempo se saíram 40% melhor no teste do que cochiladores que não dormiram REM e não cochilaram. Em vez de simplesmente aumentar o estado de alerta e a atenção, o sono REM permitiu que o cérebro trabalhasse criativamente nos problemas que foram colocados antes do sono.

Cochilar não o tornará inteligente ou garantirá o sucesso, mas pode ajudar a melhorar sua memória e resolver problemas. E os médicos sabem que dormir bem à noite e por tempo suficiente está associado à boa saúde.

 fonte: https://www.health.harvard.edu/

Voltar para listagem